A força de Lídia I. Bozhovich na produção do conhecimento crítico

*Texto retirado do Boletim ISCAR Brasil 2016. Ano 01. Edição 01.
Autora: Profa. Dra. Albertina Mitjáns Martínez (UnB)

Lídia Ilinitchna Bozhovich nasceu em outubro de 1908 em Kursk (Rússia) e morreu em julho de 1981. Seus restos descansam em um pequeno nicho no cemitério da cidade de Donskoi (Rússia). Durante sua época de estudante no Instituto Lenine de Moscou realizou sua primeira pesquisa experimental sobre psicologia de imitação sob a direção de L. S. Vygotsky. Posteriormente trabalhou em um Sanatório de Psiconeurologia e mais tarde no Departamento de Psicologia da Academia de Educação Comunista, dirigido por Vygotsky. Nos anos 30, trabalhou formalmente em Poltrava e passou a integrar o chamado Grupo de Jarkov, trabalhando como pesquisadora na Divisão de Psicologia da Academia Psiconeurológica de Jarkov em colaboração com A. N. Leontiev, A. R. Luria, A.V. Zaporozhets, E. P. I. Zinchenko (Chudnovsky, 2009). Em 1939 defendeu sua tese de doutorado, na qual, de forma interessante, concluiu que a assimilação do conhecimento por parte do aluno está significativamente condicionada pela mediação da personalidade. Essa ideia tornou-se um importante foco de seu trabalho acadêmico (Chudnovsky, 2009). Durante a segunda guerra mundial administrou uma divisão de terapia ocupacional em um hospital de evacuação na cidade de Kyshtym.

Lídia Ilinitchna Bozhovich

Em 1944 começou suas atividades no Instituto de Psicologia da Academia de Ciências Pedagógicas da União Soviética onde, durante 30 anos, dirigiu o Laboratório dedicado ao estudo da formação da Personalidade criado por ela. L. I. Bozhovich foi condecorada com duas medalhas: a medalha pela “Victoria sobre Alemanha” e a medalha pela “Valiosa Labor durante a Grande Guerra Pátria”, assim como com a distinção de Educadora de Alto Nível. Em 1967, obteve o grau de Doutora em Ciências Pedagógicas e, em 1968, adquiriu o título de Professora (Chudnovsky, 2009). Bozhovich caracterizou-se pela sua persistência, sua vontade e força na defesa de suas opiniões e convicções, inclusive em situações que a colocavam em risco devido às condições políticas em que viveu. Era reconhecida pelos seus colegas como uma pessoa entusiasmada, de bom humor e com um interesse excepcionalmente forte no trabalho de investigação. Grande polemista, porém flexível e aberta à crítica, gerou no seu laboratório um espaço de discussão franca, de crítica e autocrítica, de respeito e incentivo a novas ideias, o que contribui decisivamente à produtividade de seus integrantes e ao desenvolvimento de novas linhas de pesquisa (Robbins, 2004; Chudnovsky, 2009) […]continua…

*Este e outros textos em: Boletim ISCAR 2016

Anúncios
Marcado com: , , , ,
Publicado em Sem categoria

Atualizada a lista de grupos de pesquisa vinculados ao ISCAR-Brasil

Reunindo pesquisadores das 5 regiões do país, o ISCAR-Brasil está, atualmente, com uma lista de 34 grupos de pesquisa vinculados à comunidade brasileira. Na página “Grupos de Pesquisa” – ainda em construção – é possível encontrar as regiões, os nomes, o diretório CNPq e, em alguns casos, sites e redes sociais relacionadas aos grupos. A finalidade é manter a construção coletiva, além de reunir e divulgar pesquisas, materiais de apoio e demais produções sustentadas na Teoria Sócio-histórico-cultural da atividade.

Marcado com: , , , ,
Publicado em Sem categoria

Livro sobre Subjetividade na Teoria Histórico-Cultural

O livro “Subjectivity within Cultural-Historical approach: theory, methodology and research”, lançado em 2019, oferece um quadro teórico e epistemológico-metodológico como alternativa para a metodologia instrumental-descritiva que prevaleceu na Psicologia até a presente data. O conteúdo visa discutir as diferenças entre a abordagem proposta e outras posições teóricas e metodológicas, como a análise do discurso, fenomenologia e hermenêutica. Além disso, apresenta uma proposta que permite abordar as demandas do estudo da subjetividade do ponto de vista Histórico-Cultural.

O livro destaca, ainda, estudos de caso realizados em vários países e inclui capítulos dos editores e vários membros da ISCAR-Internacional, incluindo Nikolai Veresov, Marilyn Fleer. As pesquisas contidas nesse volume introduzem os leitores em novas discussões sobre questões teóricas e metodológicas da subjetividade que têm atraído cada vez mais atenção e interesse.

*Saiba mais em Publicações > Livros

Marcado com: , , , , , , ,
Publicado em livros

3ª Escola Internacional de Inverno: “The method of imagination: decolonization of imagination”

O Centro de Psicologia Cultural da Universidade de Aalborg e a Universidade de Sydney convidam estudantes de doutorado e pesquisadores em início de carreira para o 3rd International Winter School – evento de três dias que acontecerá entre 2 e 5 de dezembro de 2019, na cidade de Sydney, Austrália.

O curso está sendo organizado pelos professores Luta Tateo (Aalborg), Paul Rhodes (Sidney) e Pina Marsico (Salerno). O evento contará com discussões teóricas, trabalhos de campo e sessões de redação coletiva, explorando a dinâmica da sonoridade, silenciamento, ventríloquismo e fala em nome próprio. Os participantes poderão interagir de diretamente com os organizadores, bem como com os professores Omid Tophigian (Universidade Americana do Cairo) e Cynthia Langtiw (Escola de Psicologia Profissional de Chicago).

Evento no facebook: Clique aqui

Inscrições: Clique aqui

Marcado com: , , , , ,
Publicado em Sem categoria

Lançamento do 1º volume da Revista Brasileira de Pesquisa Sócio-Histórico-Cultural e da Atividade

Em julho de 2019, foi lançado o 1º volume (n.1) da Revista Brasileira de Pesquisa Sócio-Histórico-Cultural e da Atividade (ISSN 2596-268X), com a contribuição de diferentes pesquisadores, que buscaram, a partir de epistemologias críticas e perspectivas dialéticas, contribuir para o campo da teoria sócio-histórico-cultural e da atividade. O lançamento da revista é apenas o início de futuros trabalhos, mas já representa a construção de um espaço que será de grande valia para a sociedade e para a pesquisa brasileira.  

Na apresentação do 1º volume, o prof. Dr. Herculano Campos, do Conselho Superior da Equipe Editorial, apontou que a primeira publicação da revista é fruto “do trabalho concreto, da dedicação cuidadosa de um conjunto de pessoas coordenado, mediado, por Adolfo Tanzi Neto, representante brasileiro na ISCAR […]”. O professor ainda destacou o inegável esforço da atual gestão do ISCAR-Brasil em tornar realidade um desejo coletivo de criar um novo canal de comunicação de referência direta à Teoria Sócio-Histórico-Cultural e da Atividade, que já há algum tempo vinha sendo amadurecido.

*Para acessar o v.1. n.1 da Revista, clique aqui.

Marcado com: , , , , , , , ,
Publicado em Sem categoria

Prorrogadas as inscrições do X SIAC e V Fórum ISCAR Brasil

A participação no “X SIAC e V fórum ISCAR BRASIL – Resistir para Expandir” é gratuita e foi prorrogada até 30 de julho de 2019! O evento acontecerá na Universidade Federal do Rio de Janeiro, nos dias 23 e 24 de agosto.


Importante!

Há dois tipos de inscrição: COM apresentação de trabalho (em formato de pôster) e SEM apresentação de trabalho. Aos que irão apresentar pôster, é necessário, além da ficha de inscrição, preencher também a ficha de submissão, lembrando que os tipos de pôster podem ser: (1) relato de grupo de pesquisa, (2) relato de prática ou (3) relato de pesquisa.

Para se inscrever, clique aqui.


Marcado com: , , , , ,
Publicado em Sem categoria

Confirmada a presença da Profa. Dra. Katerina Plakitsi [University of Ioannina/Greece]

O comissão organizadora do X SIAC & V Fórum ISCAR Brasil tem o prazer de anunciar a confirmação da presidenta internacional do ISCAR, Profa. Dra. Katerina Plakitsi, da University of Ioannina, Grécia. A professora Plakitsi, é titular de Educação Científica na Universidade de Ioannina e Chefe do Departamento de Primeira Infância, realiza pesquisas em Avaliação Educacional, Formação de Professores e Métodos de Ensino. Seus principais interesses de pesquisa são: Educação Científica na Primeira Infância, Educação Formal e Informal e Teoria da Atividade Histórico-Cultural aplicada à Educação em Ciências.

Profa. Dra. Katerina Plakitsi (University of Ioannina, Grécia)

A palestra ministrada pela professora Plakitsi e seu grupo de pesquisa, acontecerá no dia 23/08 às 9h, no Auditório G2/UFRJ, com o tema “Expandindo o escopo da educação científica em tempos de crise ou não resistência à mudança”. O grupo de pesquisa @fise da Universidade de Joanina, na Grécia, apresentará e discutirá o curso de ação relacionado à Teoria da Atividade Histórica Cultural (CHAT) em Educação Científica em contextos formais e informais. O objetivo do grupo de pesquisa é aumentar a conscientização do público e ajudar os membros da sociedade a agir para promover os objetivos de desenvolvimento sustentável (Nações Unidas, 2015). O engajamento público na ciência trará mudanças em todos os aspectos da vida humana e envolverá as pessoas a lutar por uma vida próspera, equitativa, pacífica e sustentável. A transição da atividade pessoal para a atividade coletiva significa que a experiência de aprendizagem está totalmente relacionada ao ambiente social em que o indivíduo foi criado. A Educação Científica é vista como um processo social e individual ao mesmo tempo e prepara o terreno sobre o qual um novo campo nos permitirá capturar a complexidade do ensino de ciências e a aprendizagem transformadora em contextos formais e informais. A visão de longo prazo do nosso grupo de pesquisa é fortalecer o engajamento público em Educação Científica e Sustentabilidade, educando, capacitando e inspirando pessoas de todas as idades sobre o impacto da ciência em suas vidas.
*Mais informações sobre o evento: Clique aqui

Publicado em Sem categoria
Bem-Vindo(a) ao ISCAR Brasil

Aqui você encontrará informações sobre pesquisas, eventos e publicações relacionadas à Teoria Sócio-Histórico-Cultural e da Atividade. Esse é um site produzido e organizado coletivamente, por isso precisamos da sua ajuda para desenvolvê-lo.

Para enviar notícias, informações, materiais e sugestões, entre em contato pelo e-mail: divulgacaoiscarbrasil@gmail.com

___________________

Representante da Seção Brasileira:
Prof. Dr. Adolfo Tanzi Neto

Responsável técnico do site:
Guilherme Siqueira Arinelli

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 282 outros seguidores

ISCAR Internacional